Compartilhe este texto

Confira como é o treinamento de cães policiais no Amazonas

Por Portal Do Holanda

30/11/2023 17h25 — em
Policial


Foto: Vicente Silva / PMAM

Manaus/AM – Desenvolvendo um papel importante nas ações especializadas das forças de segurança pública do Amazonas, a Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) compartilhou um pouco da rotina de treinamento dos cães policiais e os resultados positivos que são conquistados nas operações com a ajuda dos agentes de quatro patas.

Hoje, a CIPCães conta com uma equipe de 18 cães, criados internamente na corporação, e um efetivo de 47 policiais militares. Cães e treinadores atuam em diversas missões, tanto no serviço operacional quanto administrativo. Os cães não apenas desempenham suas missões operacionais, mas também são cuidados, entretidos e alimentados com esmero, além de serem treinados para enfrentar situações de perigo.

Foto: Vicente Silva / PMAM

Entre os cães da corporação, 10 deles são Pastores Belga Malinois especializados em faro de narcóticos, dois cães atuam na guarda e proteção, um na busca e captura, um no faro de cadáver, um Labrador nas ações de busca e resgate, e um Dobermann que brilha nas apresentações sociais.

A CIPCães não é apenas uma unidade primordial para o Sistema de Segurança Pública do Amazonas; é também uma força de apoio vital para outras unidades da PMAM e órgãos como Polícia Civil, Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF). Seu papel se estende além de ocorrências próprias, demonstrando um comprometimento integral com a segurança e bem-estar da comunidade.

Foto: Vicente Silva / PMAM

Operações de combate ao tráfico

Diariamente, a CIPCães se destaca em ações de combate ao tráfico de drogas, realizando operações motorizadas nas ruas da capital e nos portos, além de marcar presença constante em locais estratégicos, como a Base Fluvial Arpão, por meio da Operação Hórus/Fronteira Mais Segura, e em áreas de fronteira.

“No ano de 2023, tivemos bastante operações, principalmente nas nossas bases como a Base Arpão, onde os cães têm sido de grande importância. O cão de faro já foi responsável pela apreensão de toneladas de entorpecentes”, disse o sargento Carlos Mendes, da CIPCães.

Em 2023, seus esforços resultaram na apreensão de 1,5 toneladas de entorpecentes, causando um prejuízo estimado de R$ 70 milhões ao crime organizado. O total de ocorrências em que a CIPCães esteve envolvida ultrapassa a marca de 500.

Divulgação PM-AM

Treinamento e escolha

Os cães da CIPCães não são escolhidos ao acaso; eles passam por rigorosos testes desde o nascimento para avaliar suas capacidades únicas. A equipe de veterinários e adestradores, apoiada pelo Centro Veterinário (CEVET) da PMAM, monitora o desenvolvimento dos cães desde a fase inicial.

O treinamento, mais do que uma tarefa, é uma jornada de brincadeiras e recompensas, onde cada comando aprendido é uma vitória conquistada com afagos e o brinquedo preferido, a bolinha.

Foto: Divulgação PM-AM

“O treinamento é feito diariamente, a gente faz uma socialização desses cães para que eles possam trabalhar em um ambiente, como nas embarcações. A socialização consiste em ‘conhecer o mundo’, conhecer outros animais e não se distrai com esses outros animais, não ter medo do balanço das embarcações. Tem cães de fora que sentem esse balanço e ficam temerosos, então a gente vai adaptando esses cães. O treinamento tem que ser uma brincadeira para o cão, quanto mais agradável, mais ele vai usar o que a gente quer, que é o sentido dele, no caso o olfato, que é bem aguçado. Qualquer estresse que esse cão sofra, ele já perde um pouco esse olfato dele”, explicou o sargento.

O treinamento desses heróis de quatro patas não apenas os prepara para a rotina diária, mas também os equipamentos para desempenhar papéis cruciais em diversas situações. Seja na detecção de artefatos explosivos, entorpecentes, armas de fogo, ou em intervenções táticas em ocorrências de alta complexidade, os cães da CIPCães são verdadeiros polivalentes no combate ao crime.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Policial

+ Policial