Juiza desfaz decisão do TCU e reinclui ex-prefeito como ficha suja

Por

06/07/2012 10h35 — em Amazonas

A juíza Jaiza Maria Pinto Fraxe, da 1ª Vara Federal, respondendo pela 3ª Vara, concedeu liminar ao Ministério Público suspendendo o acórdão 1156/2012, do Tribunal de Contas da União, que tinha livrado o ex-prefeito de Boca do Acre, Antônio Iran de Souza Lima, da lei da “ficha suja”.


O TCU  deu provimento ao recurso de revisão do ex-prefeito, que teve suas contas  rejeitadas pelo órgão   por irregularidades  na aplicação  de recursos do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Mas a decisão do pleno do  TCU levou o Ministério Público Federal  a ingressar com ação com pedido de liminar para mudar o acórdão.  Na  última quarta-feira, dia 4,   a juíza Jaiza Pinto Fraze suspendeu os efeitos da decisão de Brasília, mantendo o   decidido pelo 2ª Câmara do Tribunal de Contas da União, deixando assim o ex-prefeito na lista do “fichas sujas” e impedido de concorrer a eleição no município.

NULL