Siga o Portal do Holanda

Reunião do CAS

Em Manaus, Bolsonaro se diz favorável à exploração mineral e legalização do garimpo

Publicado

em

O mau exemplo do coronel Menezes


Manaus/AM - Em pronunciamento durante a abertura da primeira reunião do Conselho de Administração da Suframa (CAS), nesta quinta-feira, 25, na gestão de Alfredo Menezes, o presidente da República, Jair Bolsonaro, assegurou que a Amazônia tem tudo para ser um marco econômico do Brasil.

Bolsonaro se disse favorável a fazer parcerias com outros países para explorar a biodiversidade da Amazônia, assim como realizar a exploração mineral, desde que isto ocorra com a agregação de valor para o Brasil.

O presidente Jair Bolsonaro também afirmou que a Zona Franca de Manaus (ZFM) é importante para a efetivação dessas parcerias, “para o bem do Brasil.” Durante seu pronunciamento, Bolsonaro indicou a intenção de legalizar o garimpo no País, a partir de uma legislação apropriada.

No início de sua fala no auditório da Suframa, o presidente da República disse que “agora já posso morrer” pois, afirmou, já conhecera o rio Amazonas e a "região maravilhosa que é a Amazônia". Além das riquezas da biodiversidade, Bolsonaro se referiu ao potássio do rio Madeira, e ao que ele chamou, de forma negativa, de indústria de demarcação de terras indígenas, se referindo à reserva Raposa Serra do Sol, em Roraima, como terra riquíssima.

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.