Preso um dos suspeitos de decapitar jovem a terçadadas na zona Oeste

Por Portal do Holanda

14/03/2016 18h01 — em Policial

Manaus|AM - A equipe de investigação do 20º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado titular da unidade policial, André Sena, prendeu na manhã da última sexta-feira, dia 11, na Rua 12 da Comunidade União da Vitória, bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus, Ricardo da Silva Barroso, 21, o “Nem”, envolvido no homicídio de Francinei Soares de Pinho, ocorrido em 16 de fevereiro deste ano, na mesma área onde aconteceu a prisão do infrator.

De acordo com o chefe de investigação do 20º DIP, Marcelo Valois, Ricardo teria envolvimento com o tráfico de drogas na cidade e em companhia de outros três homens, ainda não localizados, cometeu o homicídio com resquícios de crueldade. “A vítima tinha 31 anos. Ricardo alvejou Francinei com um tiro e, com a ajuda dos comparsas, desferiu muitos golpes de terçado em Francinei, que acabou decapitado”, explicou Marcelo Valois.

O chefe de investigação do 20º DIP disse que após minucioso trabalho investigativo, a equipe da unidade policial conseguiu identificar “Nem” como participante do crime. “As investigações apontaram que a vítima, usuária de drogas, teria subtraído R$ 3 mil de um traficante que atua na Comunidade União da Vitória, que, em companhia de “Nem” e de outros indivíduos, decidiu pelo “julgamento” de Francinei”, informou Marcelo.

Em depoimento na delegacia, o jovem, preso em função de mandado de prisão expedido no último dia 9 de março, pelo juiz Mauro Antony, do Plantão Criminal, confirmou participação no delito. “As diligências sobre o caso continuam para localizarmos e prendermos os outros três homens que atuaram no homicídio”, declarou André Sena.

Após os procedimentos legais na delegacia, onde Ricardo foi indiciado por homicídio qualificado, o jovem será conduzido à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ele irá permanecer à disposição da Justiça.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Policial