Compartilhe este texto

Ex-advogado de Lula, Zanin se declara impedido de julgar recurso de Bolsonaro contra TSE

Por Portal Do Holanda

15/04/2024 11h51 — em
Brasil


Na época, Zanin era advogado de defesa de Lula e por isso está impedido de julgar o caso no STF / Foto: Carlos Moura/SCO/STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Cristiano Zanin, anunciou que está impedido de julgar recurso do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e da coligação "Pelo Bem do Brasil" contra uma multa de R$ 70 mil para cada, feita pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

Bolsonaro tinha sido condenado pela Justiça Eleitoral por impulsionar um vídeo atacando o atual presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante as Eleições de 2022. Pela norma do TSE, o impulsionamento só é permitido para promoção própria e não para atacar adversários políticos. 

Na época, Zanin era advogado de defesa de Lula e por isso está impedido de julgar o caso no STF. Com isso, quem deve julgar a pauta são os ministros da 1ª Turma do STF, o relator Flávio Dino, Luiz Fux, Cármen Lúcia e Alexandre de Moraes. Em caso de empate, um quinto ministro será convocado. 

Após ser condenado, Bolsonaro chegou a recorrer duas vezes. Esta é a terceira vez que ele entra com recurso. É este recurso que está sendo analisado pela Primeira Turma do STF.

 


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil

+ Brasil