Siga o Portal do Holanda

viagem cancelada

Bolsonaro sanciona lei que dá 12 meses para companhias aéreas reembolsarem clientes

Publicado

em

Foto: Ilustrativa Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa

O presidente Bolsonaro sancionou nessa quinta-feira (6) a lei que dá às empresas aéreas o prazo de 12 meses para reembolsar clientes que precisaram cancelar viagens por conta da pandemia.

A lei vale para viagens canceladas entre o período de 19 de março e 31 de dezembro de 2020. A medida faz parte de um pacote de ações criado para socorrido o setor que sofreu grandes prejuízos desde o início da pandemia do novo coronavírus.

O intuito é evitar fechamento e falências, mas trechos da lei também foram vetados pelo presidente como a possibilidade de trabalhadores do setor realizarem saques do FGTS.

Para o Governo "a medida pode acarretar em descapitalização do FGTS, colocando em risco a sustentabilidade do próprio fundo, o que prejudica não só os novos investimentos a serem contratados em habitação popular, saneamento básico e infraestrutura urbana, mas também a continuidade daqueles já pactuados, trazendo impactos significativos nas diretrizes de políticas de desenvolvimento urbano".

 

+ Brasil

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.