Bastidores da Política - Wilson Lima autoriza PM a comprar 14 metralhadoras de guerra de Israel


Wilson Lima autoriza PM a comprar 14 metralhadoras de guerra de Israel

Por RAIMUNDO DE HOLANDA

13/12/2020 19h11 — em Bastidores da Política

  • Não é preciso falar dos riscos inerentes ao uso do armamento por uma força que tem se metido em conflitos com indígenas e caboclos. Além, é claro, de suspeitas de abusos

O Governador do Amazonas, Wilson Lima, autorizou a Polícia Militar a adquirir junto a empresa Israel Weapon Industries (Iwi) Ltd, 14 metralhadoras Negv Ng7, calibre 7,62, para uso em Patrulhamento nos rios do Amazonas. As metralhadoras - que vão custar ao bolso do contribuinte 167.600,00 dólares - são consideradas armas de guerra, com  taxa de tiro de 700 balas por minuto. 

Não é preciso falar dos riscos inerentes ao uso do armamento por uma força que tem se metido em conflitos  com indígenas e caboclos. Além, é claro, de  suspeitas de  abusos  cometidos em  24 de julho, na região do Rio Abacaxis, no Município de Nova Olinda do Norte e  que resultaram na morte de dois policiais, três ribeirinhos, um indígena Munduruku e um suposto traficante - o  que levou a  uma intervenção da Polícia Federal no caso.  

Nada contra equipar a Polícia. Mas esse tipo de armamento, letal, exige treinamento, suporte técnico, psicológico  e de material  humano preparado. E, mais que isso, responsabilidade com a vida das pessoas, especialmente  de caboclos e  Indígenas, -  que residem nas ;áreas  próximas  aos rios e onde a PM vai  atuar com seu equipamento de guerra.