Siga o Portal do Holanda
Sobre ‘Poder’ ficar com a mulher do melhor amigo

Sobre ‘Poder’ ficar com a mulher do melhor amigo

Publicado

em

Apossar-se do dinheiro público - que é do outro, dos cidadãos - é o mesmo que desejar a mulher do próximo. O “sou  honesto, não me aproprio do dinheiro público”, tem o mesmo sentido de “a mulher de  meu amigo para mim é homem.”

É homem até que ponto? Até ela  ‘dar bola’, aí  ele se apropria do seu corpo, ainda que ela seja a mulher do amigo dele - que até então  era homem…

O desejo de possuir coisas e ter domínio sobre pessoas está presente na vida de todos - o desejo de conquistar a mulher do outro, (ou o homem) o desejo de ter mais dinheiro, o desejo de construir sonhos.

Por que essas considerações ? Porque toda vez que a Polícia  Federal prende ou faz buscas nas casas de políticos e outros agentes públicos, ou um órgão de controle vaza irresponsavelmente uma lista que não foi investigada,  os “honestos” saem da toca e invadem as redes sociais  para repetir que “todo politico é ladrão”.

O que eles fazem  com esse tipo de “ofensa” não é  outra coisa senão retratos de si mesmos.

Na prática, o homem convive com esse conflito - de ser honesto, apesar dos desejos irrefreáveis - como possuir poder, bens, mulheres.

Que isso quer dizer?  Que honestidade é coisa rara, mas pode ser construída quando nos impomos limites, ou consideramos os outros a partir do que somos.


+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.