Siga o Portal do Holanda

Saiba o que o eleitor quer e os políticos não entendem

Publicado

em

O fato de um grande número de eleitores ter deixado  de comparecer às urnas no dia 30 de outubro não representa nenhum fenômeno, ou “uma “negação da politica”, como disse o deputado e ex-candidato Serafim Correa.

Nem chegou a hora de os mais velhos ceder  lugar aos jovens, até porque estes têm os mesmos vícios dos antigos, ou deles são filhos ou afilhados.

A mensagem do eleitor foi outra, que os políticos insistem em ignorar: o voto obrigatório precisa ceder lugar ao facultativo.

Vota quem se sente estimulado, integrado às propostas de um ou outro candidato.

Isso é extensão do que se convencionou chamar 'liberdade de expressão'. Se esta existe, embora com as limitações que se conhece, porque não o voto facultativo?

É claro que existe uma decepção com a politica, mas o eleitor não pode ser obrigado a fazer o que não quer. 

Serafim, que é uma das raras cabeças pensantes do Amazonas, pintou um quadro  de decomposição da politica, em  razão do resultado das urnas.  Mas essa é uma visão equivocada de quem olha o horizonte limitado ao dedo do pé.

“Uma nova geração tem que ascender para melhorar o exercício da política enquanto ciência transformadora da sociedade, pois o atual ciclo de políticos tradicionais chegou ao fim”, avalia o parlamentar.

Que análise crua e limitada !

Não é o ciclo de políticos tradicionais que chega ao fim. É a paciência do eleitor com limitações à sua liberdade de votar ou deixar de votar. De se expressar livremente, inclusive no exercício ou não do voto, sem que lá na frente seja punido.  (RH)

 29 CIDADES SEM PREFEITO

Apesar do encerramento, no domingo (30), do segundo turno das eleições municipais, 29 das 5.568 cidades do país não sabem quem será o prefeito a partir do ano que vem. Nessas cidades vivem mais de um milhão de pessoas, segundo estimativa do IBGE.

@@@

Na maioria dos casos, a indefinição ocorre por pendências dos candidatos mais votados com a Justiça Eleitoral. No Amazonas, o problema atormenta 12 municípios, dentre os quais Parintins, Carauari, Jutaí, Tabatinga e Itacoatiara.

PMDB MIRA 2018

Com a vitória da dupla Arthur Neto/Marcos Rotta nas urnas do último domingo, o PMDB de Eduardo Braga se fortalece para a disputa estadual de 2018.

@@@

 O comando da Assembleia Legislativa do Estado faz parte da pauta de prioridades dos peemedebistas.

QUEM CATIVA CONQUISTA

Com a decisão de Raul Zaidan de deixar a Casa Civil, passa a responder pela pasta  Lourenço Braga Júnior. Ontem os funcionários fizeram uma homenagem ao secretário que sai. E a frase que escolheram, tirada do livro 'O Pequeno Principe', de  Antoine de Saint-Exupéry  - Tu te tornas eterjamenter eternamente  responsável por aquilo que cativas - revela muito da boa relação que Raul mantinha com os funcionários e o vazio que deixa numa secretaria que comandou durante mais de 15 anos.  Raul agora vai poder deicar mais tempo à família.

ZÉ E YANN PRESTAM CONTAS

Únicos candidatos à Prefeitura de Manaus a realizarem declaração escrita à Justiça Eleitoral contra o uso do Caixa 2 nas eleições de 2016, o deputado estadual José Ricardo Wendling (PT) e o seu vice, Yann Evanovick (PCdoB), entregaram ontem sua prestação de contas ao TRE-AM dentro do prazo previsto pela legislação.

@@@

 “Nós contamos com a doação de muitos amigos e simpatizantes, tudo devidamente comprovado conforme exigência legal. Somos muito gratos pelo apoio de cada um que acreditou em nosso projeto de governo”, disse Zé Ricardo

JOSUÉ AGRADECE

Candidato a vice na chapa da coligação “Mudança para Transformar”, o deputado Josué Neto fez ontem   seu agradecimento pelos votos recebidos e pela oportunidade que a campanha lhe ofereceu de conhecer melhor a cidade de Manaus e de ter um contato mais direto com o seu povo. Josué também fez uma cobrança ao prefeito reeleito, Arthur Neto: que nos próximos quatro anos a prefeitura continue com o mesmo ritmo de trabalho que manteve durante a campanha eleitoral.

 O PRIMEIRO DIZ DE ARTHUR

Ontem Arthur começou seu primeiro dia como prefeito reeleito anunciando durante entrevista “uma profunda reflexão” a fim de promover os ajustes necessários à administração. Porém descartou ‘facilidades’ na sua nova gestão, diante da crise econômica que deve permanecer ainda em 2017. Para ele, a reeleição foi a colheita de uma semeadura de quatro anos de boa administração, apesar das dificuldades financeiras. O destaque político da entrevista foi a definição da primeira função administrativa do vice-prefeito Marcos Rotta: a coordenação geral do projeto de implantação definitiva do sistema BRT, para o qual serão necessários R$ 1,2 bilhão.

PROJETOS DE MELO

Com dois projetos de lei encaminhados à Assembleia Legislativa, o governador José Melo vai tentar resolver dois problemas crônicos do sistema habitacional estadual. O primeiro refere-se à elevada taxa de inadimplência dos contratos de financiamento habitacional através da Suhab, e a proposta do governo vai permitir a renegociação da dívida com redução de até 90% dos juros nos casos de pagamento à vista. O segundo foca na recuperação de crédito e na titularidade dos imóveis do órgão governamental. 

 


+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.