Motorista baleado em sequestro contraiu covid-19 após cirurgia em hospital de Manaus; diz família

Por Portal do Holanda

27/04/2020 7h02 — em Amazonas

Foto: Reprodução

Manaus/AM - O motorista de aplicativo Jonilson Moreira de Oliveira, 36,
que deu entrada no Hospital 28 de Agosto, após ser baleado durante um sequestro, teria contraído covid-19 após passar por procedimentos cirúrgicos, segundo alega seus familiares.

Segundo a esposa do motorista Mykaela Jardim, o resultado positivo para o vírus ocorreu três dias após a cirurgia. A bala entrou nas costas da vítima, atingiu as colunas T4 e T5 e parou no fígado. Ele corre o risco de ficar tetraplégico.

De acordo com ela, Jonilson teve que ser transferido para o Hospital João Lúcio, por conta do trauma na coluna que só poderia ser atendido por um ortopedista no hospital. Foi lá, que ela acredita que ele contraiu o vírus.

"No sábado (25) ele amanheceu vomitando sangue. Chamei os médicos que levaram ele. Sai para comer e quando voltei, foi avisada pelo médico que ele tinha sido diagnosticado com o novo coronavírus. Entrei em desespero, pois com o tiro ele estava com dois drenos no peito", contou.

Mykaela disse ainda, que chegou a ser retirada do hospital pelos seguranças após pedir melhora no atendimento para o marido. Ela destacou, que ele ainda não se encontra em uma Unidade de Terapia Intensiva por falta de leito.