​Juiz endurece e diz que agora revista a presídio só com seu consentimento

Por Portal do Holanda

29/07/2015 18h59 — em Amazonas

O juiz da Vara de Execuções Penais, Carlos Valois, disse ao Portal do Holanda, por telefone,  que as revistas nos presídios  não ocorrerão  mais sem o seu consentimento. A decisão será formalizada no seu retorno a Manaus. Valois está em Brasília. Ele negou  que tenha tomado  qualquer decisão de  promover regalias a presos.



Conta que o que ocorreu, ainda ano passado,   foi uma consulta do atual secretário de Administração Penitenciária, Coronel Louismar Bonates, sobre  a demolição de celas com algum conforto, já encontradas por ele quando assumiu o comando da pasta, e que  a resposta dada foi a de que, se   construídas com recursos públicos  não podiam ser demolidas. Valois disse que na próxima semana vai abrir o presídio para a visita da imprensa. São montanhas de presos dividindo celas onde caberiam cinco. Para ele, as celas de conforto é para visitas intimas, que todos os presos,  sem exceção, têm direito e as outras para aqueles que tem bom comportamento. O juiz disse  que esse direito está previsto em lei.
 
Quanto  a bebidas encontradas nessas celas, o juiz diz que o preso com quem foi supostamente encontrada a bebida, deve receber punição. Durante a revista da Polícia nesta quarta-feira foram   encontrados bebidas,  estoque de alimentos e churrasqueira.