Governador do Amazonas diz que colapso na saúde é ' infeliz coincidência'

Por Portal do Holanda

17/01/2021 13h03 — em Amazonas

Governador deu justificativa à Justiça Federal- Foto: Divulgação

Manaus/AM - O governador do Amazonas, Wilson Lima, respondeu à Justiça Federal que o colapso sanitário que atingiu Manaus e todos os municípios do Amazonas é uma “infeliz coincidência”. 

A resposta foi dada por meio de um ofício enviado pelo Governo que está sendo investigado por omissão no caso da falta de oxigênio nos hospitais que levou ao colapso.

No documento, divulgado pelo jornal O Globo, Wilson se isenta da responsabilidade e atribui a situação unicamente ao surgimento da nova cepa que tem um potencial devastador de contaminação:

"Em outras palavras, o maior poder infeccioso do vírus identificado justamente em dezembro de 2020 foi uma infeliz coincidência absolutamente imprevisível, que tem se repetido em outros países (muito desenvolvidos como EUA e Inglaterra) e tem reflexo direto no aumento de internações e, portanto, no aumento do consumo de oxigênio", alega o ofício assinado pelo sub-procurador Leonardo Blasch.

Ontem (16), o procurador-geral da República, Augusto Aras, abriu um inquérito contra o governador e também contra o prefeito de Manaus, Davi Almeida. O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello ficaram de fora das acusações, embora soubessem previamente do problema da falta de oxigêcio.Para serem investigados, Aras precisaria abrir um inquérito contra eles junto ao Supremo Tribunal Federal (STF).

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas