PGR abre inquérito para investigar governador e prefeito por caos no AM

Por Portal do Holanda

17/01/2021 7h54 — em Amazonas

Wilson e Davi estão na mira do STJ - Foto: Reprodução

Manaus/AM - A Procuradoria-Geral da República (PGR), abriu nesse sábado (16), um inquérito no Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra o governador do Amazonas Wilson Lima e o prefeito de Manaus, Davi Almeida, por suspeita de omissão que culminou com o colapso no sistema de saúde do Amazonas.

No documento, o procurador Augusto Aras cobra as autoridades pela crise sanitária na capital e nos demais municípios do estado, que causou a morte de centenas de pessoas pela falta de oxigênio nos hospitais. 

Ele ressalta ainda que é de competência dos governantes locais a "prevenção da crise sanitária diante da expectativa de agravamento do quadro nos próximos dias".

O procurador, porém, decidiu deixar de fora a responsabilidade do Governo Federal sobre a situação. Conforme amplamente veiculado ontem na imprensa nacional e internacional, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello e o presidente Jair Bolsonaro, foram informados com antecedência sobre a escassez de oxigênio e a possibilidade da total falta dele nos hospitais de Manaus.

Mesmo diante dos fatos, a PGR atribuiu a culpa da crise sanitária no Amazonas quase que inteiramente às autoridades locais e apenas solicitou informações complementares do Ministério da Saúde. 

Enquanto isso, o Ministério Público Federal, a Defensoria Pública da União, a Defensoria Pública do Estado e o Ministério Público do Amazonas foram unânimes em responsabilizar tanto o governador do Amazonas e o prefeito de Manaus, quanto o Governo Federal pela situação dramática que o estado atravessa.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas