Wilson Lima contrata ex-presidente da OAB para se defender de impeachment

Por Portal do Holanda

23/07/2020 15h22 — em Amazonas

Foto: Pedro Braga Jr. / Portal do Holanda e Valter Campanato/Agência Brasil

Manaus/AM - O escritório de advocacia do ex-presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Furtado Coêlho, foi contratado pelo governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), para fazer sua defesa contra o pedido de impeachment na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). A contratação do escritório, que tem sede em Brasília e também no Piauí, foi questionada por suspeita de uso de dinheiro público. 

A informação foi confirmada nesta quinta-feira (23), com a entrega da defesa preliminar de Wilson Lima na Aleam, pois o documento é assinado pelo escritório do ex-presidente da OAB. O documento possui mais de 500 páginas, onde é apresentada a defesa do governador contra as acusações que apontam a prática de crimes de responsabilidade. 

O deputado Wilker Barreto (Podemos), membro da Comissão Especial do impeachment na Aleam, apresentou requerimento para que o governador explique como está sendo pago o escritório de advocacia contratado para realizar a sua defesa. O parlamentar quer saber se existe emprego de dinheiro público. “O requerimento tem o intuito de descartar qualquer uso da máquina estadual, seja direta ou indiretamente", disse Barreto. 

O requerimento não foi posto para votação, pois a presidente da Comissão, deputada Alessandra Campelo (MDB), orientada pela procuradoria, disse que o requerimento deve ser apresentado para a Mesa Diretora da Casa analisar.