Suposto mestre espiritual enganava vítimas afirmando que tinha pênis mágico

Por Portal do Holanda

20/07/2020 5h07 — em Policial

Foto: Reprodução

O estudante de filosofia Pedro Ícaro de Medeiros, 27 anos, que se apresentava como mestre espiritual e atendia em um projeto chamado Comunidade Afago, em Fortaleza (CE), é suspeito de abusar de homens e mulheres durante ‘terapias’.

“Batizado era no chuveiro da casa dele”, disse um dos denunciantes. “Não só pra mim, mas pra uma roda de pessoas, ele dizia muitas vezes que o pinto dele era mágico”, relatou outra vítima. “Eu esperava dele humanidade, mas ele tirou minha blusa e colocou na minha boca para em me calar e ele continuar”, detalhou um terceiro participante que denunciou o suposto guru.

A comunidade oferecia cursos de terapias alternativas, como acupuntura. Os cursos terapêuticos eram baratos e atraiam muitos jovens, mas não davam nenhuma certificação válida.

A Polícia Civil do Ceará continua recolhendo depoimentos que ajudem no inquérito policial.