Siga o Portal do Holanda

Mundo

Chile informa ter encontrado partes do avião militar desaparecido

Publicado

em

PUNTA ARENAS, CHILE - A Força Aérea do Chile informou nesta quarta-feira, 11, que foram encontrados flutuando no mar partes do avião militar que desapareceu na segunda-feira quando viajava para a Antártida com 38 pessoas a bordo. As partes do avião foram encontradas na mesma região onde ele desapareceu. 

"A descoberta foi feita pelo navio de bandeira chilena Antarctic Endeavour e indica que as partes podem pertencer às esponjas dos tanques de combustível internos do C-130 ", disse o comandante em chefe da Brigada Aérea IV, Eduardo Mosqueira, em uma entrevista coletiva na cidade de Punta Arenas. 

Na noite de terça-feira, a Força Aérea do Chile confirmou que o avião de carga havia caido. A aeronave desapareceu dos radares em uma área isolada entre a América do Sul e a Antártida, e são poucas as chances de se encontrar sobreviventes.

A aeronave Hércules C-130 decolou na segunda-feira às 16h55 (horário local e de Brasília) da cidade de Punta Arenas, no sul do país, e perdeu contato logo após às 18h.

Três dos 38 passageiros eram civis, entre eles, o universitário de 24 anos, Ignacio Parado, que iria auxiliar em investigações sobre novas energias após ter ganho uma bolsa de estágio pelo bom desempenho acadêmico. Os outros dois civis eram engenheiros que iriam cumprir tarefas de revisão do oleoduto flutuante de abastecimento de combustível e aplicação de tratamentos anticorrosivos. 

O acidente acontece em um momento turbulento para o Chile e o presidente Sebastián Piñera, que enfrenta um descontentamento crescente que provocou quase dois meses de tumultos na capital, Santiago, e tem pressionado seu governo. / COM AFP




Insegurança sem fim. O que Moro está fazendo?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.