Servidores já têm data para receber primeira parcela do 13º salário no Amazonas

Por Portal do Holanda

11/10/2019 13h44 — em Amazonas

Foto: Divulgação

Manaus/AM - O governador do Amazonas, Wilson Lima, anunciou nesta sexta-feira (11) o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores públicos estaduais para os dias 21 e 22 de novembro. Já a segunda parcela será paga nos dias 19 e 20 de dezembro.

Wilson confirmou ainda o pagamento de auxílio-alimentação para todos os funcionários públicos, a partir de janeiro de 2020, no valor de R$ 500. A medida contempla quem ainda não recebe o benefício e representa um reajuste para aqueles que recebem valor mais baixo.

De acordo com a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), o valor total soma, aproximadamente, R$ 650 milhões.

Lima frisou que o Estado assume o compromisso de que não haverá atraso no pagamento dos salários, no exercício de 2020. “O Estado do Amazonas trabalha com muita responsabilidade e dentro do que estabelece a legislação, com respeito ao servidor público. Com todas as medidas que nós estamos tomando para promover esse equilíbrio, o Governo do Estado já garante o pagamento dos salários dos servidores do ano de 2020. É uma garantia do Governo que não haverá atrasos nos pagamentos dos servidores, ao contrário do que está acontecendo em muitos estados”, enfatizou o governador.

Auxílio-alimentação – A partir de janeiro, todos os 76.388 funcionários públicos da ativa passarão a receber o auxílio-alimentação. O Governo do Amazonas vai uniformizar o valor do benefício, no valor de R$ 500, beneficiando 51.139 servidores que recebem abaixo desse valor e outros 632 funcionários que não recebem auxílio-alimentação. Os outros 24.617 já recebem valor acima de R$ 500.

Novo sistema de pagamentos – A partir de novembro, o Governo do Amazonas também adota um novo sistema para pagamentos de salários dos servidores. Para ajustar a folha à programação financeira do Estado, a remuneração dos servidores será depositada no início de cada mês subsequente ao mês trabalhado.

A medida faz parte do processo de organização das finanças do Estado e atende o que prevê a legislação quanto ao prazo de pagamento de salários.

Conforme a nova programação, os salários referentes ao mês de novembro, por exemplo, serão pagos nos dias 3 e 4 de dezembro. No dia 3, receberão a remuneração os servidores dos Grupos I e II. No dia 4, será a vez dos funcionários públicos do Grupo III.