TCU manda apurar conduta de Eron Bezerra

Por

19/09/2012 5h05 — em Amazonas

O secretário de Produção Rural do Amazonas, Eron Bezerra, foi multados  em R$ 5 mil  pelo Pleno do Tribunal de Contas da União, por irregularidades em convênio firmado com o Ministério da Pesca . O convênio, no valor de R$ 670 mil, tinha como objetivo atender ao projeto cooperativo de apoio ao desenvolvimento da cadeia produtiva da aqüicultura, nas unidades de recepção de pós-larvas, transformação de alevinos, localizadas nos municípios de Manaus, Iranduba, Manacapuru, Novo Airão, Autazes, Caapiranga, Anori, Codajás, Comi Tefé, Carauari, Apuí, Manicoré e Borba.

Os ministros acompanharam o voto da relatora, ministra Ana Arraes, que conheceu da denúncia contra o secretário e ainda rejeitou as justificativas apresentados por Eron e João Ferdinando.

A relatora ainda determinou que o Ministério da Pesca e Aquicultura adote as medidas necessárias à apuração dos fatos, identificação dos responsáveis, quantificação do dano e obtenção do ressarcimento relacionado aos recursos repassados ao Governo do Estado do Amazonas/ Secretaria da Produção Rural - Sepror/AM, por intermédio do convênio e a instauração da tomada de contas especial.

NULL