Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Mapa mostra que violência cresceu

Publicado

em

Por

 A Polícia registrou ontem, sexta-feira, dois latrocínios, cinco tentativas de homicídio e 47 registros de lesão corporal. Os números são bem maiores para o primeiro dia de carnaval do que em 2010  e 2011,

Mas no sambódromo,  a presença de um forte esquema integrado de segurança garantiu   que nenhuma ocorrência policial grave fosse registrada durante a abertura dos desfiles do Carnaval de Manaus no Centro de Convenções do Amazonas (Sambódromo). Para um público de 2,7 mil, entre brincantes e espectadores, segundo a Polícia Militar, os órgãos do Estado e da Prefeitura trabalharam com um efetivo de pelo menos 500 servidores. A estrutura de segurança vai até quarta-feira de cinzas, dia 22, na apuração do desfile das escolas de samba.

Para a coordenação e acompanhamento das atividades das polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, Detran, Centro Integrado de Operações (Ciops), Corregedoria-Geral, Manaustrans e várias secretarias do Estado e do município, a Secretaria de Segurança Pública (SSP), sob coordenação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), instalou uma central de comando no prédio da Delegacia-Geral, em frente ao Sambódromo.

A partir desta sexta-feira, o Ciops passa a monitorar toda a área do Sambódromo, inclusive nas ruas de acesso e estacionamento, com 13 câmeras de vigilância eletrônica. A partir da central do GGI, operadores vão se revezar a noite toda para acompanhar desde a chegada do público até a dispersão após os desfiles.

Para assegurar que ninguém adentre ao Sambódromo portando arma ou objeto que possa causar ferimento, todo o público é revistado nos portões de entrada pela Polícia Militar, que vai usar detector de metais e agentes femininos para a abordagem nas mulheres.

O coordenador do GGI, delegado Frederico Mendes, disse que tudo correu dentro da normalidade no primeiro dia porque os órgãos públicos mostraram comprometimento com a segurança dos brincantes e de quem foi assistir aos desfiles e se divertir. “Todos podem ir ao Sambódromo com tranqüilidade. Ontem (16) foi possível ver famílias inteiras brincando, sem nenhum problema. Estamos a postos para garantir a segurança dos que querem curtir o carnaval”, disse Mendes.

De ontem até a quarta-feira de cinzas, todo o aparato de segurança vai utilizar cerca de 7 mil servidores públicos, sendo pelo menos 6 mil policiais, incluindo os 2,5 mil que estão em cursos de formação de soldados e oficiais. O comandante da Polícia Militar, coronel Almir David, disse que a partir de hoje, a cada noite o efetivo é maior para acompanhar o aumento do público nas arquibancadas.

 

NULL

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.