Dono da Ecopack pede justiça gratuita, alegando situação " deficitária" que compromete sua sobrevivência Dono da Ecopack pede justiça gratuita, alegando situação " deficitária" que compromete sua sobrevivência

Dono da Ecopack pede justiça gratuita, alegando situação " deficitária" que compromete sua sobrevivência

Por

19/05/2012 10h12 — em Amazonas

Manaus ( Portal do Holanda) -  Alegando que sua empresa,a Ecopack - indústria de Componentes - enfrenta uma gravíssima crise econômica, o empresário Renato Tsuji da Cunha  diz que não possui meios para honrar   despesas com custas judiciais ou correlatas para proposta das ações que juntas somam mais de R$ 10 milhoes contra a Agência de Fomento do Amazonas, Banco da Amazonas e Amazonas Energia, embora admita que a indústria é dona  um patrimônio equivalente ao valor das ações.

 De próprio punho, o empresário declara que se está em situação financeira deficitária, não se encontrando em condições de custear as despesas com o processo,  sem prejuízo da sua  própria sobrevência.

No Google, Renato Tsuji da Cunha aparece como tendo patenteado um tipo de embalagem especial para pizza.

O processo é movido pelo advogado pernambucano  Luiz Ferreira Filho, que não abriu mãos dos honorários.  Fontes do Portal do Holanda disseram que em tal situação falimentar,a  empresa deveria ter recorrido ao um defensor público, ou o advogado ter peticionado     que atua no caso renunciando qualquer pagamento em razão  de êxito das ações propostas.

Entenda por que os títulos oferecidos em troca da dívida da Ecopack - indústria de Componentes não valem nada:

 
 
 
NULL

+ Amazonas