Siga o Portal do Holanda

Fiscalizações

Procon notifica lojas por ausência de preços antes da Black Friday em Manaus

Publicado

em

Foto: Marinho Ramos / Semcom Foto: Marinho Ramos / Semcom
Foto: Marinho Ramos / Semcom

Manaus/AM - Fiscais do Programa de Orientação e Defesa do Consumidor do Amazonas (Procon-AM) realizaram na manhã desta terça-feira (19) uma blitz em lojas do Centro de Manaus. A ação teve o intuito de coibir irregularidades em relação aos itens que devem estar ao alcance do comprador, como preços e o Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Diversos locais foram visitados e notificados sobre a necessidade de exposição dos valores de todos os produtos nas vitrines, a placa do Procon-AM e a Lei do Troco, presença do alvará de funcionamento do comércio e o CDC visível para o consumidor. A vistoria faz parte do cronograma do órgão no fim do ano, época de grande movimentação por conta da Black Friday e das compras de Natal.

Procon Manaus orienta consumidores

A poucos dias da Black Friday, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor e Ouvidoria – Procon Manaus (Semdec), orienta consumidores sobre oportunidades e cuidados em relação aos preços e possíveis fraudes da promoção, que ocorre na última sexta-feira de novembro, porém boa parte do comércio já está praticando. Com anúncios de descontos que chegam até a 80% em diversos segmentos do varejo, é importante que o consumidor esteja atento para não cair em golpes, sobretudo nas compras on-line.

Diferente do que ocorre nos Estados Unidos, que é queima de estoque, no Brasil, as promoções podem variar muito de acordo com cada empreendedor. O secretário-interino da Semdec, Rodrigo Guedes, alerta que é importante observar alguns pontos para aproveitar melhor as promoções. “A cultura da Black Friday brasileira é diferente. Por vezes, a promoção se estende durante o mês inteiro, algumas lojas fazem por uma semana e por isso é importante estar atento aos preços e condições antes de confirmar a compra”, afirma Guedes.

Segundo o secretário-interino, uma das melhores formas de não cair em “pegadinhas”, que induzem o consumidor ao erro é pesquisar preços dias antes da promoção, pois ficaram famosos casos de lojas que aumentam os preços durante o mês de novembro, para depois reduzir os preços, anunciando ofertas agressivas na Black Friday, o que ficou conhecido como a metade do dobro. Alguns sites oferecem esta opção, alertando o consumidor para não cair nos falsos descontos.

Outra dica é, em lojas físicas, observar as etiquetas e os adesivos, verificando se não há publicidade enganosa. “A má-fé nas relações de consumo, infelizmente, é real. Cuidados básicos e mais atenção durante as compras fazem toda a diferença para não pagar mais caro e evitar cair em golpes”, finaliza Rodrigo Guedes, orientando outros pontos a seguir.

Em lojas físicas

- Pesquisar desde agora o produto a ser comprado, se possível, tirar foto ou print da tela para comparar no dia da promoção;

- No dia da compra, pedir ao vendedor para mostrar o preço atual e o anterior e verificar se o mesmo corresponde ao desconto ofertado pelo estabelecimento;

- Exigir sempre nota fiscal do estabelecimento ao comprar qualquer produto ou serviço,

- Consumidor deve sempre estar atento ao produto comprado em relação à qualidade do mesmo. O produto ou serviço pode vir com algum defeito ou vício de difícil percepção. O produto a ser levado pode ser diferente do que o consumidor experimentou ou olhou no mostruário.

Compras on-line

- Verificar sites com comparativo de preços;

- Sempre tirar prints ou gravar as telas dos produtos antes da promoção;

- Verificar sites e sessões “Reclame aqui” ou comentários dos produtos nas redes sociais e sites de buscas;

- Atenção à segurança do site na hora da compra (link deve ser protegido com o protocolo HTTPS),

Projeto 'ruim prá cachorro' vira Lei no Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.