Amazonas: Universitário Tukano grava vídeos em língua nativa sobre covid-19

Por Portal do Holanda

03/04/2020 11h15 — em Amazonas

Israel Dutra tenta contornar dificuldade linguística - Foto: Divulgação/UEA

Manaus/AM - Universitário do curso de medicina da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Israel Fontes Dutra, grava vídeos sobre a pandemia do coronavírus em língua indígena para distribuição junto a esses povos.  As gravações, uma sobre 'Prevenção' e a outra com 'Perguntas e Respostas', serão enviadas para sete Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs) e cinco comunidades indígenas onde o Telessaúde está presente.

Dutra explica que a iniciativa surgiu após a maioria dos "parentes" informarem que a compreensão transmitidas na língua portuguesa eram difíceis. “Eles têm muita dificuldade, ou não entendem nada o significado das palavras expressadas. Diferente quando um dos filhos deles, que estudou na área de saúde, transmite na língua paterna ou materna e ficam muito felizes..

A gerente do Telessaúde Amazonas, Waldeyde Magalhaes, ressalta que o estudante já tinha um material preparado, com base nas orientações do Ministério da Saúde, e o Telessaúde viabilizou as gravações com a parceria do Centro de Mídias da UEA. "É uma inclusão social. Uma divulgação que será realizada dando a oportunidade aos indígenas", destacou. Waldeyde informa que os vídeos serão enviados para as comunidades indígenas (São Gabriel da Cachoeira, Parintins, Barreirinha, Alto Nhamundá e Maués) a partir desta quinta-feira (2/04).