Siga o Portal do Holanda

Famosos & TV

Rita Cadillac: “A moda é dizer book rosa, mas o que eu fiz foi prostituição”

Publicado

em

Rita Cadillac voltou a falar sobre o passado quando se prostitui aos 17 anos e disse que não tem problemas em relembrar esse período da vida.

"Não me arrependo de ter feito programas sexuais. Isso tem muito tempo, tanto é que nem sei falar em valores. Não lembro quanto eu ganhava e não me prostituí por muito tempo. Eu era jovem, recém-separada, com um filho embaixo do braço e precisava comer, pagar meu aluguel da pensão e alimentar meu filho. É preciso que as pessoas saibam que eu não tinha perspectiva nenhuma na época, eu não tinha ninguém que se importasse comigo. Graças a Deus não precisei fazer programas sexuais por muito tempo. Em menos de um ano fui dançar fora do Brasil. Era só para vivar mesmo”, disse ela em entrevista ao “Ego”.
A ex-chacrete disse ainda que o assunto só voltou a ser falado por conta da novela “Verdades Secretas”, da Globo. "A moda é dizer book rosa, mas o que eu fiz foi prostituição. Esses assuntos ganham notoriedade agora e me procuram para falar sobre isso, mas eu nem conhecia esse termo na época. Eu era a Rita de Cássia Coutinho, e não a Cadillac. Já tem muito tempo, anos e décadas que eu não faço programas sexuais e não faria hoje por dinheiro algum”, garantiu.

A ex-dançarina disse ainda que é criticada por conta do passado. "As pessoas só falam como se eu não tivesse uma vida artística. Até dos filmes pornôs que eu fiz estão voltando a falar e me julgar. Eu fiz 20 cenas de pornô para nunca mais. Não posso ser reduzida a somente isso: pornô e prostituição”, reclamou.

+ Famosos & TV

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.