Hackers do Anonymous ensinam como fazer ataque cibernéticos ao Estado Islâmico

Por Portal do Holanda

18/11/2015 21h22 — em Mundo

Hackers do grupo ativista Anonymous, que declararam ‘guerra' ao Estado Islâmico após os ataques ocorridos em Paris, na França, divulgaram uma série de tutorias sobre como atacar virtualmente o grupo jihadista.

Os hackers afirmaram ainda que conseguiram derrubar mais de 20 mil contas no Twitter associadas a jihadistas na campanha ‘Operação Paris’, prejudicando a comunicação entre os extremistas via web. Os ativistas alegam ter identificado um recrutador de alto escalão do ISIS que vive na Europa, mas não publicou nenhum endereço até então. 

Em um vídeo divulgado na noite desta quarta-feira, 18, um membro do Anonymous informa: “É hora de perceber que as mídias sociais são uma sólida plataforma para a comunicação do Estado Islâmico, assim como para alimentar suas ideias de terror entre jovens mas ao mesmo tempo, as mídias sociais provaram que são uma arma avançada e todos nós devemos trabalhar juntos para eliminar as contas pertencentes a terroristas”. De acordo com o jornal Daily Mirror, o Anonymous publicou três guias online. O primeiro, ‘Noobguide', ensina quem quiser aprender e se unir a guerra cibernética. O segundo é o ‘Repórter’, que explica como configurar o Twitter para investigar filiados ao ISIS na rede social, e o terceiro, ‘Searcher’, ensina como encontrar sites do grupo.

"A contribuição significa muito e nós encorajamos você a participar de todas as atividades da OP se você puder, quanto mais, melhor”, afirma o Anonymous no comunicado divulgado.

Em resposta, o Estado Islâmico divulgou um guia para seus militantes sobre como evitar a derrubada pelos hackers. 

+ Mundo