Compartilhe este texto

Graciele Lacerda admite que criou perfil fake para 'se defender de ataques'

Por Folha de São Paulo

10/12/2023 21h30 — em
Famosos & TV



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Graciele Lacerda, 43, noiva de Zezé di Camargo, 61, concedeu uma entrevista n na noite deste domingo (10) ao Domingo Espetacular (Record) sobre a polêmica acusação de ter um perfil falso para difamar membros da família Camargo.

A queixa veio à público por meio de Amabylle Eiroa, casada com Igor Camargo, filho caçula de Zezé.

Na TV, Graciele assumiu que criou uma conta fake no Instagram há anos, mas disse que jamais atacou seus familiares. "Criei um perfil falso para me defender de acusações, porque estavam criando vários [perfis] para me atacar. Criei com o meu e-mail e meu endereço porque não tinha a intenção de sacanear ninguém. Só queria me defender, precisava falar.".

Segundo a influenciadora, o perfil era comandado por pessoas de sua equipe — por isso, ela não sabe quem fez os comentários sobre a família Camargo. "Depois de um tempo, eu não tinha mais a necessidade de usar. [...] Todos da minha equipe tinham acesso, assim como as pessoas que conviviam comigo. A pessoa que me acusou de ter um fake tinha a senha, assim como a mãe dela.".

Graciele ainda contou que liberava o uso do perfil falso para gerar engajamento nas publicações de sua conta oficial. "Ele era usado como uma forma de estratégia: para elogiar e defender os meus trabalhos. [...] Eu não tinha controle do que era feito ou falado. Nunca pensei que algo assim pudesse acontecer.".

"[O comportamento da Amabylle] Foi um baque muito grande. O meu relacionamento com ela começou de uma forma boa, ela e o Igor foram os primeiros a me abraçar. Eles moraram dois anos com a gente, foi daí que começou a nascer o carinho que eu tinha por ela. Ela me confidenciou muitas coisas da sua relação, sobre a família não aceita-la. Eu tinha uma empatia, passava por ataques parecidos. Tínhamos um envolvimento. Não sei dizer o que pode ter acontecido com ela [...] As postagens que ela fez foram um desrespeito com o o Zezé.", disse Graciele Lacerda.

A influenciadora afirmou que um processo foi aberto para descobrir quem fez os ataques à família Camargo e que Wanessa está ao seu lado. "Fui colocada em uma situação que não fiz. Tentaram destruir a minha imagem e prejudicar o meu trabalho, acho isso muito injusto.".

Entenda

O caso teve início em 20 de outubro, após Amabylle Eiroa fazer uma postagem dizendo que uma pessoa de seu convívio diário criou um perfil falso para difamá-la. Segundo fãs da arquiteta, tratava-se de Graciele Lacerda.

Amabylle afirmou que a acusada tentou distorcer o caso: "Tentei resolver internamente. Entretanto, a pessoa envolvida, mais uma vez, recorreu à manipulação e persuadiu terceiros a crerem que o perfil falso não lhe pertencia, deixando subentendido que o perfil poderia ser meu. Além disso, utiliza-se do seu perfil oficial com mensagens subliminares e indiretas para tentar manipular a verdade sobre vários fatos.".

No dia 29, Amabylle postou um documento que supostamente comprovaria que Graciele é dona do fake. Segundo a imagem postada pela arquiteta, o perfil é administrado por um email com o nome de Graciele.

Em 2 de novembro, após o jornalista Leo Dias dizer ter provas de que Graciele é a responsável pelo perfil fake, ela reafirmou inocência. "Se eu tivesse feito, admitiria com certeza. Mas o problema é que eu não fiz. Mas isso está sendo buscado. O que fizeram foi aproveitar uma situação que já sabiam e fazer maldades. Mas isso não vai pra frente.".

Em 7 de dezembro, Graciele venceu Amabylle na Justiça. A nora de Zezé precisou apagar todas as postagens relacionadas ao assunto que citavam a influenciadora e foi proibida de falar sobre o tópico futuramente.

Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Famosos & TV

+ Famosos & TV


19/02/2024

Correção