Compartilhe este texto

Ana Hickmann acusa ex-marido de desviar R$ 25 milhões e esquema com funcionárias

Por Portal Do Holanda

11/12/2023 11h22 — em
Famosos & TV


Foto: Reprodução/Record/Instagram

Ana Hickamnn acusa o ex-marido, Alexandre Correa, de desviar R$ 25 milhões das empresas do ex-casal desde 2018. O empresário teria falsificado as assinaturas da apresentadora em cheques e empréstimos, segundo o Notícias da TV. O caso está sendo investigado pela polícia de Itu.

A notícia crime também acusa o empresário de agredir fisicamente Ana Hickmann na mansão deles, no último dia 11 de novembro, na tentativa de intimidá-la e impedir a denúncia dos supostos desvios de Alexandre. A denúncia aponta ainda a suspeita de "lavagem de dinheiro" e de "associação criminosa" com duas mulheres que trabalhavam nas empresas.

O documento dos advogados da apresentadora, o qual o Notícias da TV teve acesso, aponta ainda que as dívidas da empresa do ex-casal ultrapassa 30 milhões - decorrentes "de empréstimos pessoais e empresariais, contratações de capital de giro e cheque especial etc., em diversas oportunidades, mediante comprometimento de seu patrimônio, sem o conhecimento de Ana, afirma o processo.

Há relatos que Alexandre e Ana estão em crise no casamento desde o início do ano devido aos problemas financeiros. A relação piorou quando a apresentadora recebeu uma cobrança de R$ 400.571, 72 do Banco Safra.

Um semana antes da briga, a apresentadora pediu ajuda da amiga Daniella Marques Consentino, ex-presidente da Caixa Econômica, para analisar uns documentos que havia encontrado no seu escritório em Vila Romana, zona oeste de SP.

Segundo o Notícias da TV, no documento aponta que a apresentadora descobriu, então, que o marido havia formalizado "diversos instrumentos particulares de confissão de dívida e contratos de mútuo com pessoas físicas e jurídicas mediante inserções de assinaturas falsas de Ana.

A promotora do caso pediu a perícia nos cheques e contratos apresentados na denúncia. 

Defesa nega

A defesa de Alexandre Correa, o advogado Enio Murad, alega que a apresentadora tinha conhecimento e assinou todos os contratos e valores assinados pelo empresário.

O advogado ressalta ainda que Ana vem tentando se livar das dívidas que foram contraídas para pagar as próprias contas dela. 

Ao Notícias da TV, a defesa volta a alegar que a crise empresarial começou na pandemia da covid-19, quando Alexandre estava afastado por conta do tratamento contra o câncer.

Durante sua recuperação, de acordo com o advogado, a marca Ana Hickmann passou por uma grande expansão, e a "empresa assumiu obrigações maiores do que poderia assumir". O empresário precisou recorrer aos empréstimos.

Leia a nota na íntegra 

"Sobre os termos das declarações da apresentadora Ana Lúcia Hickmann quanto à ocorrência de supostas fraudes e falsificações em documentos da empresa do casal, bem como as acusações perante o público e na Delegacia de Polícia de Itu/SP, no sentido de que seu marido Alexandre Bello Correa teria desviado valores superiores a 30 milhões de reais do patrimônio empresarial, a defesa declara que não existe nenhuma decisão administrativa ou judicial indicando nesse sentido que o tema não passa de meras alegações sem qualquer legitimidade

Além disso, em razão do disposto no artigo 181 do Código Penal Brasileiro, e da inexistência de crimes patrimoniais entre marido e mulher, a defesa de Alexandre já requereu o arquivamente das investigações na forma da lei, por falta de justa causa devendo ser absolvido sumariamente.

Por fim, os advogados de Alexandre declaram que todos os recursos captados no mercado financeiro foram depositados nas contas correntes da empresa e de ambos os sócios, cujos valores constam contabilizados no Imposto de Renda de todos e cujos documentos se encontraram à disposição das autoridades".

Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Famosos & TV

+ Famosos & TV


19/02/2024

Correção