Siga o Portal do Holanda

Mundo

Preso na Itália, Cesare Battisti confessa que matou quatro pessoas e feriu três

Publicado

em

Foto: Divulgação

Cesare Battisti, um dos homens mais procurados do mundo suspeito de matar várias pessoas e integrar um grupo terrorista nos anos 70 na Itália, confessou participação na morte de ao quatro pessoas nessa segunda-feira (25)(.

Segundo a imprensa local, ele teria contado que além dos mortos, também feriu gravemente três pessoas e é responsável por vários roubos junto com os demais membros do grupo. 

Battisti que passou mais de 40 anos foragido (boa parte deles no Brasil) sempre alegou inocência e dizia que sofria perseguição política, mas o discurso mudou no seu mais recente depoimento.

Nele, o italiano afirma um carcereiro, um policial, um militante neofascista e um joalheiro. No último caso, ele quase matou também o filho do homem, que ficou paraplégico por conta de um tiro disparado por Cesare.

Apesar da confissão, as autoridades acreditam que ele pode ter feito muito mais vítimas. Além disso, o acusado afirma que é mandante e outras mortes em situação que ele mesmo classificou como "guerra justa" e cumpre prisão perpétua atuante na prisão de Oristano.

Omar é meu amigo ...

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.