Finalista do Miss Amazonas é assassinada em AP do ex-namorado

Por Portal do Holanda

19/03/2021 9h41 — em Caso da Miss Manicoré

Foto: Reprodução

O sonho da técnica de enfermagem, estudante de Odontologia e finalista do concurso Miss Amazonas 2019 representando o município de Manicoré, Kimberly Mota, 22, de após formada ter um consultório próprio, foi interrompido após várias facadas desferidas contra o pescoço e o tórax dela, na madrugada do dia 11 de maio de 2020, quando estava no apartamento do namorado, Rafael Fernandez Rodrigues, 31, no Centro de Manaus.

Desaparecida desde o dia 10 de maio de 2020, o corpo da estudante foi encontrado na madrugada do dia 12 seguinte.

Uma denúncia anônima levou a polícia a prender o principal suspeito pelo crime, o analista judiciário Rafael Fernandez Rodrigues, no dia 15 do mesmo mês. Rafael estava há dois dias escondido, em uma cabana no meio do mato, na cidade de Pacaraima, em Roraima, de acordo com informações do delegado Paulo Martins, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

CRIME

A suspeita é de que Rafael Fernandez tenha matado a jovem por não aceitar o fim do relacionamento, de apenas 3 meses. 

Conversas trocadas entre Kimberly e um amigo na última quarta-feira (6), revelam que a miss teria tentado conseguir passagem de barco para Manicoré, onde passaria o Dia das Mães com a família.

Em áudio, ela pergunta ao amigo de nome "Igor" se ele saberia de algum barco que estivesse indo para Manicoré na sexta (8), ou sábado.

Preso, Rafael deu detalhes do crime no momento do interrogatório. De acordo com a polícia, ele relatou que estava em seu apartamento com a namorada, e por volta das 00h30, do dia 11, Kimberly teria ido tomar banho e deixado o celular na cabeceira da cama.

Por saber a senha do aparelho, Rafael resolveu verificar as mensagens,  visualizando algumas que o deixaram furioso. Nesse momento, foi a cozinha, pegou uma faca e retornou para o quarto, escondendo a arma debaixo do travesseiro.

Após Kimberly deitar-se ao lado e se distrair, ele desferiu a primeira facada, fazendo com que a miss ficasse quase desfalecida. Outra facada foi fatal para matar a vítima, que não teve nem tempo para se defender.

Ao constatar que a namorada estava sem vida, Rafael, conforme relatou à polícia, deu banho no corpo de Kimberly para tentar sair do condomínio e descartá-lo em outro local.

Mas percebeu que não seria possível, preferindo abandonar o corpo da jovem no apartamento para fugir, levando o celular dela, que foi jogado em uma área de mata da rodovia AM-010, para onde o suspeito teria fugido por engano, acreditando ser a BR-174, que liga Manaus a Boa Vista.

Rafael teria ligado para o pai após o crime, o qual o teria orientado a se entregar à polícia, mas ele decidiu fugir.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.