Transferência de pacientes de Manaus é motivo de esperança para familiares

Por Portal do Holanda

18/01/2021 4h27 — em Amazonas

(Foto: Divulgação/Secom)

Manaus/AM - Desde que o sistema de saúde do Amazonas entrou em colapso devido ao aumento no número de internações e a falta de oxigênio, os pacientes com Covid-19 começaram a ser transferidos para hospitais de vários estados do país como alternativa para desafogar os hospitais da capital. A medida é símbolo de esperança para os familiares.

O empresário Yuri Farias Mendonça, 31, acredita na transferência do pai como um esforço necessário para a cura. “Nós fomos muito bem orientados, explicaram para gente o translado, o hospital que a gente vai ficar, farão videochamadas no decorrer do dia para nós conseguirmos ter ciência do estado do nosso familiar. Então, tenho certeza que ele terá todo o apoio”, disse. O pai de Yuri  foi transferido do SPA Joventina Dias, na Compensa, na madrugada deste domingo (17), após 3 dias internado.

Os pacientes transferidos são selecionados de acordo com o quadro clínico de cada caso. Dessa forma, o paciente que for transferido é avaliado antes de sair da unidade e reavaliado antes de embarcar na aeronave, devendo apresentar os sinais vitais (frequência cardíaca, respiratória e pressão arterial) em estabilidade. A família recebe todas as informações necessárias por meio do serviço social da unidade hospitalar. O processo envolve a Secretaria de Assistência Social (Seas), Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e o Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS).

Os Estados do Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte e Paraíba. Hospitais de Goiás, Pernambuco, Ceará e Distrito Federal deverão receber os 235 pacientes transferidos de Manaus.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas