Superintedente da PF no Amazonas deixa cargo após acusações contra ministro

Por Portal do Holanda

15/04/2021 13h04 — em Amazonas

Foto: Divulgação

O superintendente da Polícia Federal do Amazonas, Alexandre Saraiva, foi retirado do cargo após se envolver em uma polêmica com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles e o senador de Roraima, Telmário Mota, por conta de uma investigação da PF que culminou com a prisão de madeireiros.

A troca foi autorizada pelo diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Mairuino. O líder do órgão escolheu o delegado Leandro Almada para substituir o colega. Almada é considerado o número 2 da gestão de Alexandre e também comandou as investigações à respeito da ação de empresários na extração ilegal de madeira que deu início ao embate entre Saraiva e Salles.

Paulo diz que está realizando várias mudanças internas no órgão, mas resolveu tirar Saraiva do cargo, curiosamente, um dia depois do delegado ter enviado uma notícia-crime ao STF, pedindo que o ministro do Meio Ambiente e o senador fossem investigados por tentarem atrapalhar as investigações do caso e por promoverem uma série de ataques à ele.

Telmário chegou a divulgar uma nota chamando Alexandre de “covarde, xiita e autoritário".

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas