Siga o Portal do Holanda

Crime ocorreu em maio

Defesa quer provar insanidade mental de Rafael Fernandez preso pela morte de Kimberly Mota

Publicado

em

Foto: Jander Robson/ Portal do Holanda Foto: Jander Robson/ Portal do Holanda
Foto: Jander Robson/ Portal do Holanda

Manaus/AM - A defesa de Rafael Fernandez, preso pela morte da miss Manicoré Kimberly Mota, entrou com pedido de insanidade mental para ele. O ex-servidor do TRT deverá passar por exame nesta quinta-feira (16).

Após confessar e se preso pelo crime, os advogados de Rafael chegaram a pedir sua liberdade provisória no mês de junho, porém o pedido foi negado pelo Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

O crime ocorreu em maio. O corpo de Kimberly foi encontrado com várias perfurações de arma branca no pescoço e no abdômen. Ela estava seminua e jogada no chão do quarto no apartamento de Rafael.

Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.