Siga o Portal do Holanda

Agenda Cultural

Sesc Amazônia das Artes tem apresentações gratuitas neste mês

Publicado

em

Foto: Divulgação

Manaus/AM -  A 12º edição do projeto Sesc Amazônia das Artes irá acontecer de 3 a 16 de agosto, serão 12 apresentações gratuitas, além de oficinas e intercâmbios culturais. O projeto em formato de Mostra estimula e difunde os bens culturais da região com apresentações de espetáculos nas linguagens de teatro, dança, circo, música, literatura, artes visuais, performance e cinema.

Participam do projeto os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins – estados que compõem a área que corresponde á Amazônia Legal – tendo ainda o Piauí como convidado, em virtude da identificação com o cenário social e cultural da região, e também sua proximidade geográfica.

Nos últimos onze anos, o projeto obteve resultados importantes adquirindo ampliações, observando fatores externos e adequações necessárias ao seu melhor desenvolvimento. A cada ano vem agregando novos valores e, para sua 12ª edição, com as contratações locais que farão parte da programação da Mostra, as alterações propostas fortalecerá a mediação, o intercâmbio e a conexão entre os artistas e o artista com o público, visto que esse projeto é uma referência para os artistas dos regionais que o compõem.

 

Confira, abaixo, a programação completa do Sesc Amazônia das Artes:

Minha Ancestralidade – Nega Lu (MT) – Música

Dia: 3 de agosto – Apresentação – 19h – Teatro da Instalação

        5 de agosto – Intercâmbio – 17h – Palácio Da Justiça

 

Classificação: Livre

Sinopse: Nega Lu apresenta o show "Minha Ancestralidade", com identidade na música afro onde combina elementos para revisar, interrogar e reexaminar os eventos históricos. Com um repertório de canções autorais convida o público a revisitar lugares na memória do pertencimento. A artista apresenta timbres e arranjos que apontam para um encontro urbano de identidade, da poética das ruas pela linguagem dos sons, em cena, a banda converge modernidade e ancestralidade.

Elisa Maia (AM) - Música

Dia: 4 de agosto – Apresentação – 19h – Teatro da Instalação

        5 de agosto – Intercâmbio – 17h – Palácio Da Justiça

Classificação: Livre

Sinopse: No show Elisa Maia cria ambiente indie rock com guitarras sujas e o calor das camadas de vocais R&B, com o universo regueiro que a artista carrega desde os tempos como backing vocal de banda de reggae Johnny Jack Mesclado, com quem atuou por oito anos como backing vocal. Mesmo assim a sonoridade é atualizada e sintética ao incorporar samples eletrônicos, sendo acompanhada também pelo guitarrista Neil Armstrong Jr.

Sobre Azares Futuros – Budejar Criações Artísticas (MA) – Teatro

Dia: 5 de agosto – Apresentação – 19h – Café Teatro

        6 de agosto – Oficina – 9h às 13h – Sala de dança Sesc Centro

Classificação: 16 anos

Sinopse: Um prólogo. Quatro cenas. Uma atriz. Cinquenta minutos de narrativas políticas, poéticas, singelas, dolorosas e alegres sobre ser mulher no mundo, sobre as lutas diárias do universo feminino. Os azares futuros; os assédios; os abortos; as maternidades e o direitos sobre o corpo; são essas as questões políticas em debate, na cena, no corpo e nas marcas da atriz. O espetáculo “Sobre Azares Futuros” trata sobre os contratempos cotidianos do universo feminino, que ao longo dos tempos foram, equivocadamente naturalizados. O espetáculo costura marcas individuais, experiências familiares, relatos, memórias e modos diversos de estar e ser mulher no mundo. O mundo enquanto território, lugar, espaço habitado, que é permeado de dificuldades, sonhos, desejos e resistências.

Oficina: Busca desenvolver princípios inicias em relação a iluminação teatral, com experimentações e concepções práticas sobre luz e cena. Utilização de equipamentos diversos no processo de montagem de um espetáculo e execução de exercícios relacionados a poética da luz. Luz e Espaço. Luz e Corpo. Luz e Texto.  Entendimento prático quanto a ideia de atmosfera, profundidade, cores e ângulos. Elaboração de microplanos de luz. Entendimento sobre as diferentes funções profissionais no campo da iluminação: iluminador, técnico de luz e operador de luz. Manuseio em refletores e em mesa de luz analógica. Esta oficina foi criada na consideração da escassez de práticas formativas relacionados a poética da luz na região norte e nordeste, entendendo, desta forma, que a mesma seria de razoável importância para o contexto dos grupos de teatro e artistas da região.

Boxe com Palhaçada – Grupo Compalhaçada (AM) – Circo

Dia: 6 de agosto – Apresentação – 17h – Largo São Sebastião

Classificação: 16 anos

Sinopse: O espetáculo Boxe com Palhaçada foi inspirado em uma esquete de mímica do grupo Espanhol El Tricicolo. Na versão Compalhaçada os personagens Debiloide e Meio Fino vividos pelos atores Idelson Mouta e Jean Linhares, respectivamente, lutam pelo coração da palhacinha Cafuxa, a quem dá viva a atriz Ariane Feitoza, em uma luta de boxe recheada de improvisos com a possibilidades de expressões sociais e políticas da atualidade, fazendo o público participar das ações.

 

O Fantástico, o caso Valeiko e a frustração dos que queriam 'incendiar' Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.