Sede da prefeitura de Manaus pode ser lacrada

Por

30/01/2013 16h59 — em Amazonas

Depois das boates, lacradas por questão de segurança, as blitzes se estenderão a prédios públicos e a condominios de luxo da cidade. A sede da Prefeitura de Manaus, no bairro da Compensa, será vistoriada e pode ser lacrada. O Palácio Rio Branco,  onde funcionou a Assembleia Legislativa do Amazonas, também passará por vistoria.


Manaus - O prefeito Artur Neto determinou que fosse feito  blitz em alguns prédios onde funcionam secretarias  do municipio de  Manaus. Ele quer  saber se há o mínimo de segurança para os servidores, em caso de incêndio.  Um dos primeiros prédios a ser  vistoriado, provavelmente nesta quinta-feira, é o palacio Rio Branco, no centro de Manaus, onde funcionou a Assembleia Legislativa. A sede da Prefeitura também passará por uma minuciosa inspeção e  a ordem é   lacrar caso não apresente condições de segurança.

Artur conversou por telefone com o prefeito em exercício, Bosco  Saraiva, e solicitou que em caso de constatadas irregularidades,  ele deteminasse o lacre.

Artur entende que é preciso colocar ordem na cidade, garantir a vida dos cidadãos  que frequentam ou trabalham em prédios onde as condicões de segurança são precárias. As blitzes podem se estender a condomínios de luxo da cidade.

Artur disse por telefone ao Portal do Holanda que se houver necessidade de lacrar alguns prédios onde funcionam secretarias do município, os servidores serão deslocdos para outros locais.

 

Bosco Saraiva já se antecipou e inspecionou o a seda da Câmara Municipal de Manaus e   constatou que segue todas as normas de segurança.

NULL