Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Saiba por que Adail conseguiu o registro de candidato

Publicado

em

Por

A juíza Sabrina  Ferreira, da 8ª Zona Eleitoral  de Coari, julgou improcedentes todas as representações interpostas contra o ex-prefeito do município, Adail Pinheiro e seu vice, José Henrique de Oliveira Freitas, e deferiu neste domingo o registro de candidaturas dos candidatos da coligação “A volta do progresso”.

As impugnações foram impetradas pelo Ministério Público Eleitoral, Denilson Cravo, presidente do PRTB e Elson Alves de Freitas.

Denilson  apresentou os pedidos alegando que Adail Pinheiro  tem condenações no TCE e TCU. Elson Freitas alegou que o ex-prefeito foi condenado pelo Tribunal Superior Eleitoral.


Mas na sua sentença a juíza  extinguiu os processos sem resolução do mérito, reconhecendo a ilegitimidade dos dois.

A impugnação do MP, Sabrina  julgou improcedente, afirmando que nas ações criminais Adail Pinheiro não tem nenhuma condenação como também não há registro de sentença de improbidade administrativa.


De acordo com a magistrada, com relação a reprovação das contas no TCE, a   Adail Pinheiro, reconhece que teve contas de 2001 e 2006 desaprovadas, mas comprovou que a Justiça suspendeu os atos da Câmara de Vereadores, que também as desaprovou.

Com relação ao TCU, a juíza acatou também a preliminar de Adail, que diz não consta que ele cometeu improbidade.

NULL

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.