Juíza diz não ter conhecimento de ofício de delegado, mas documento leva carimbo do cartório

Por

15/10/2012 22h45 — em Amazonas


O desembargador Flávio Pascarelli, presidente do Tribunal Regional Eleitoral, disse ao Portal do Holanda, por telefone, que a juíza Sabrina Cumba Ferreira, da 8ª ZE de Coari, informou que o ofício do delegado federal Domingos Sávio Pinzon Rodrigues  nunca chegou ao Fórum no município.


De acordo com o desembargador, que falou com a juíza por telefone, ela lhe disse ainda que não tinha notícia a respeito do descumprimento de sua liminar e que as partes não compareceram para lhe dar ciência a respeito.

Pascarelli  repassou o número do telefone da juíza Sabrina  ao  Portal do Holanda,    097-9154-x2x4,e  por várias vezes a reportagem tentou falar com a magistrada, que não atendeu e nem retornou a ligação.

Coligação

“Será que um carimbo de um cartório eleitoral deixou de ter fé pública? Está aí o carimbo do cartório que atesta o recebimento do documento e a assinatura da juíza dando conhecimento ao ofício desse delegado desqualificando sua decisão e afrontando à Justiça desse Estado”, questionou o advogado Elissandro Portela, para a o fato da juíza Sabrina Cumba Ferreira ter dito ao presidente do TRE não ter tomado conhecimento de ofício enviado pelo delegado federal.
 

 

NULL

+ Amazonas