Siga o Portal do Holanda

Amazonas

Excesso de prazo leva justiça a libertar presos na Operação Tentáculo

Publicado

em

Por

 Manaus ( Portal do Holanda) -  O excesso de prazo está levando a Justiça do Amazonas a soltar os presos da Operação Tentáculo, desencadeada pela Polícia Civil em novembro do ano passado. Dos mais de 40 presos acusados de integrar o crime organizado em Manaus, cerca de 10 já ganharam alvará de soltura,  entre eles o policial militar Aidy Salan de Souza, sua esposa a policial civil Rita de Cássia, e vários acusados de tráfico, como  Johnson Alves Barroso, Luciana Uchoa Cardoso e outros.


Os que ganharam o benefício foram colocados em liberdade pela desembargadora Encarnação das Graças Sampaio Salgado, que diz em sua decisão que é  evidente que desde a prisão dos acusados dia 4 de novembro do ano passado, já transcorreram cinco meses sem que tenha sido oferecido a denúncia, configurando com isso o constrangimento ilegal por excesso de prazo.
 
Polêmica em portaria
 
Os autos do processo da Operação Tentáculo geraram uma polêmica portaria do desembargador Domingos Jorge Chalub, nomeando o juiz Mauro Antony  como responsável pelo crime organizado. O caso foi parar no Conselho Nacional de Justiça do Amazonas, depois de denúncia do advogado Christhian Naranjo.

Pressionado pelo CNJ, O Tribunal revogou a portaria e nomeou juízes responsáveis pelo crime organizado, mas acabou desfazendo tudo outra vez e no Conselho Nacional de Justiça  a denúncia foi arquivada.
 
A Operação
 
A Polícia Civil, com apoio da Militar, realizou dia 4 de novembro do ano passado a Operação Tentáculo, quando foram presos cerca de 40 acusados de envolvimento com tráfico de drogas, seqüestro, extorsão e outros crimes.
 
Foram oito meses de investigações para chegar a pessoas suspeitas de crimes como tráfico de drogas, homicídio e formação de quadrilha.
 
Na operação  apreendidos 24 carros, quatro motocicletas, R$ 39.347,10 em dinheiro, R$ 4 mil em cheques, 11 armas, 306 munições de diversos calibres, oito máquinas fotográficas, 11 televisores de LCD, cinco aparelhos de dvd, uma filmadora, um Home Theater, uma câmera filmadora, uma caixa amplificada, cinco rádio comunicadores, nove pen drives, quatro balanças de precisão, várias mídias piratas, três cpus, um monitor, seis auto-falantes, quatro vídeo games, seis notebooks, um aparelho de som, jóias, documentos, cartões de crédito diversos, dois tablets, duas balaclavas e material para embalar e batizar entorpecente.

NULL

+ Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.