Sorteio de R$ 80 mil em Manaus só contempla notas de serviços, alerta Semef

Por Portal do Holanda

03/02/2020 13h56 — em Amazonas

Alerta deve evitar confusão com notas fiscais quer tributam ICMS - Foto: Mário Oliveira/Semcom

Manaus/AM - A Prefeitura de Manaus esclarece que só concorrem aos prêmios da campanha “Nota Premiada Manaus”, os contribuintes cadastrados no site http://notapremiada.manaus.am.gov.br e com CPF inserido nas Notas Fiscais de Serviços emitidas por empresas prestadoras de serviços da capital amazonense.

A prefeitura já premiou mais de R$ 130 mil em dezembro do ano passado e agora premiará R$ 80 mil aos sorteados deste mês. O sorteio terá como base a extração da Loteria Federal do dia 15 de fevereiro.

Conforme o subsecretário de Receita da Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef), Armando Simões, os bilhetes da “Nota Premiada” são gerados a partir das notas de serviços emitidas por escolas, lavanderias, hospitais, academias, oficinas mecânicas, teatros, hotéis, assistências técnicas, estacionamentos, entre outros. O cidadão poderá consultar a lista completa de prestadores de serviços no portal da campanha.

“É importante que o cidadão não confunda. Nesta campanha do município, não entram as notas de consumo emitidas por supermercados, padarias, restaurantes, lojas de vestuário, postos de gasolina etc.”, frisou o subsecretário.

Para participar, é necessário estar cadastrado no portal da campanha e indicar uma instituição social credenciada junto ao Fundo Manaus Solidária para receber uma premiação à parte. Dessa forma, a cada R$ 15 acumulados em notas de serviços será gerado um bilhete eletrônico para concorrer aos prêmios em dinheiro. Cada CPF cadastrado poderá concorrer com até 200 bilhetes mensais.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas