Sem técnicos, bebês entubados ficam a mercê da sorte no Instituto Dona Lindú em Manaus

Por Portal do Holanda

15/12/2019 11h41 — em Amazonas

Foto: Divulgação Susam

Manaus/AM - Um grupo de mães que tem filhos internados no Instituto da Mulher Dona Lindú, denunciam a situação precária em que se encontram as crianças entubadas. Elas estão desde a noite desse sábado (14), sem receber alimentação e medicação, por causa da falta de técnicos de enfermagem na unidade.

Elas relatam que por conta dos salários atrasados há meses os profissionais resolveram cruzar os braços e deixar pacientes entregues à própria sorte nos principais hospitais da capital.

Eles mesmo teriam anunciado a suspensão das atividades e avisaram que a situação deve perdurar até que o problema seja resolvido pelo Governo. Os técnicos orientaram as mães para que cuidassem das crianças.

As mulheres afirmam que mesmo sem treinamento estão tendo que manusear equipamentos como sonda de alimentação e sensores de luz e outras aparelhagens de UTI.

Além disso, elas também precisam dar conta da higiene pessoal dos bebês que precisam ser movidos com todo o cuidado por conta dos aparelhos que os mantêm vivos. Elas temem que a qualquer momento o pior aconteça e algumas criança venha à óbito pela negligência do Estado.

O mesmo problema já foi denunciado ontem por mães da Maternidade Ana Braga que têm compartilhado o mesmo drama.


+ Amazonas