Prazo termina dia 24 e menos da metade dos servidores do Amazonas fez cadastro

Por Portal do Holanda

21/01/2020 16h28 — em Amazonas

Manaus/AM - Um total de 4,1 mil servidores, aposentados e pensionistas do Governo do Amazonas nascidos em janeiro já efetuou o recadastramento obrigatório. O dado corresponde ao número de recadastrados feitos entre o dia 13 e o dia 20 deste mês. O prazo encerra nesta sexta-feira (24/01), e quem deixar de fazer o procedimento terá o salário suspenso. A estimativa é que 8,6 mil devem se recadastrar neste mês.

Os trabalhos são coordenados pela Secretaria de Estado de Administração e Gestão (Sead). Ativos, inativos, pensionistas, pensionistas especiais, empregados públicos, ocupantes de cargos comissionados, membros de conselhos ou comissões e temporários terão que fazer o recadastramento.

O procedimento inclui pensionistas do Estado que recebem o benefício pela Fundação Amazonprev. Até o fim deste ano, mais de 100 mil agentes púbicos devem se recadastrar, sempre no mês do aniversário.

Por mês, a folha de pagamento do Governo do Amazonas gira em torno de R$ 400 milhões. Após o recadastramento, a economia esperada é de R$ 12 milhões até R$ 20 milhões. 

O procedimento pode ser feito em qualquer agência do Bradesco, conforme o Decreto nº 41.350, publicado em 7 de outubro de 2019, no Diário Oficial do Estado (DOE, edição nº 34.100). Mas a Superintendência Regional do banco criou um núcleo de atendimento na agência da rua Silva Ramos, no Centro, para melhor atender os agentes públicos.