Siga o Portal do Holanda

Diálogos na TV

Nova ferramenta de educação do ‘Aula em Casa’ começa nesta quarta-feira

Publicado

em

"Diálogos" tem participação de professores - Foto: Divulgação/Semed

Os vilões da pátria amada


Manaus/AM - O “Aula em Casa” passa a transmitir nova iniciativa a partir de quarta-feira, dia 8, com a transmissão , nos ca do nais 2.2, 2.3, 2.4 e 2.5, da TV Encontro das Águas do “Diálogos Formativos” que junta a realidade atual em debates com professores. A primeira edição tem como tema  “Fake News”.

Essa nova ação visa trazer à tona temas de discussão, para que os professores possam lidar com a realidade da sociedade e que, ao mesmo tempo, sejam pertinentes ao fazer formativo. A intenção é além de contar com a participação de professores, levar especialistas da área para o debate do assunto da semana.

 Os “Diálogos Formativos” serão coordenados pelas secretarias Municipal de Educação (Semed) e de Estado de Educação e Desporto (Seduc). O tema desta primeira edição será “Fake News” e acontecerá no formato Roda de Conversa, com a presença de especialistas como a jornalista e professora doutora da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Edilene Mafra, que também será a mediadora da Roda; a jornalista e subsecretária Municipal de Comunicação (Semcom), Alita Falcão, e o professor Manoel Jeffreys. O programa será exibido nos canais 2.2, 2.3 e 2.4 às das 12h às 12h40, e no 2.5, das 16h10 às 16h50.




Formação de professores

A chefe da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), Rita Luna, apontou que essa é mais uma das ações voltadas para a manutenção dos trabalhos tanto com os estudantes, quanto do processo formativo com os professores. “É uma possibilidade de formação e informação teórica e prática para os professores, a fim de que possamos contribuir com reflexões e diálogos, tendo em vista o eixo diálogo. Haverá a possibilidade de discussões entre professores e especialistas em diversas áreas para reflexão sobre várias temáticas”, destaca.

Rita Luna acrescentou que essa é uma estratégia que foi pensada por conta do momento de isolamento social, mas que pode render outros frutos. "Pensamos que esse trabalho pode continuar mesmo após esse período, em que estamos realizando o teletrabalho", finaliza.

 Além da exibição em canal aberto, o programa também estará disponível nas redes sociais das duas secretarias, pelo Facebook, e no YouTube.

Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.