Mais de 51 mil filhotes de quelônios são devolvidos à natureza no Amazonas

Por Portal do Holanda

09/11/2019 13h42 — em Amazonas

Foto: Divulgação

Manaus/AM - As praias de areia branca da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) de Uacari e Reserva Extrativista (Resex) do Médio Juruá ganharam tons diferentes com a soltura de mais de 51 mil filhotes de quelônios, no município de Carauari. A ação, promovida pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), visa garantir o aumento da população de quelônios na natureza, além da preservação e conservação das espécies de tartarugas e tracajás no Amazonas.

A ação de soltura de quelônios estava dentro da programação da Gincana Ecológica, promovida pela Sema em conjunto com a Prefeitura de Carauari, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Associação dos Moradores Extrativistas da Comunidade São Raimundo (Amecsara), com o intuito de estimular a educação ambiental na população. A atividade foi realizada nos dias 5 e 6 de novembro e contou com a presença de 25 instituições governamentais e não-governamentais, além da participação de 502 ribeirinhos de 45 comunidades da região. Por se tratar de uma gincana, a programação foi pensada com atividades lúdicas e intervenções que estimulam a educação ambiental para crianças.

Ao todo, foram monitorados 17 tabuleiros em Carauari, com registro de 4.015 matrizes de quelônios, entre filhotes de tartaruga (Podocnemis expansa) e tracajás (Podocnemis unifilis). O trabalho de conservação dos tabuleiros de desova de quelônios é realizada há mais de 45 anos nas comunidades ribeirinhas no município de Carauari e já devolveu à natureza, entre 1977 e 2018, mais de 4,6 milhões de filhotes.

Para o secretário de estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira, a soltura de uma quantidade expressiva de quelônios reflete o trabalho de sucesso que a Sema vem desenvolvendo com órgãos e instituições parceiras para a conservação dessas espécies. “Devido os costumes tradicionais da região amazônica, os quelônios são caçados e seus ovos coletados para a alimentação dos ribeirinhos. A Sema há anos vem trabalhando em  ações de educação ambiental com as comunidades do Amazonas para garantir tanto um consumo quanto uma geração de renda sustentável para essas populações, e o Médio Juruá é um exemplo neste sentido”.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Amazonas