Compartilhe este texto

Multidão de azul e branco se reúne para ouvir Milei

Por Folha de São Paulo

10/12/2023 12h00 — em
Mundo



BUENOS AIRES, ARGENTINA (FOLHAPRESS) - Uma multidão de azul e branco se reúne em frente ao Congresso Nacional da Argentina neste domingo (10) para acompanhar a posse do novo presidente Javier Milei em clima de Carnaval. Baterias com tambores, bandeiras e bonecos com o rosto do ultraliberal fazem parte da comemoração.

"Argentina", grita o grupo que se apinha em volta do edifício em que ele prometeu discursar, onde não é incomum ouvir palavras em português. As muitas ruas fechadas por causa da sua passagem causaram bolsões de gente que causaram confusão e bate-boca em alguns momentos.

"Parece estádio de futebol", brincava um, enquanto outros passavam xingando "surdos", o equivalente a "esquerdistas" em português.

Uma mulher posava sustentando uma pelúcia de tigre nos ombros, em referência ao apelido de leão atribuído a Milei. Bandeiras amarelas de sua campanha com o rosto do animal também são vendidas.

"Viemos de Natal só para acompanhar a posse", diz o coronel Hélio Oliveira, 59, que afirma ter sido coordenador de campanha de Jair Bolsonaro no Rio Grande do Norte. Ele veste uma camiseta metade brasileira, metade argentina com o nome do ex-presidente, que mandou fazer especialmente para a ocasião.

Um americano que não quis dizer o nome também estava na multidão. "Vim para ver, é um evento histórico", dizia em inglês, ao lado do amigo argentino que vestia o boné com os dizeres "Make Argentina Great Again", uma paródia do slogan de campanha de Donald Trump nos Estados Unidos.

Milei assume o país em um dia de cerimônias que se darão em quatro locais emblemáticos da cidade em um raio de cerca de 1 km: o Congresso Nacional, a Casa Rosada, a Catedral Metropolitana e o Teatro Colón. Depois de discursar à multidão, ele entrará num carro conversível até a sede do governo.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Mundo

+ Mundo