Siga o Portal do Holanda

Vítima teve prejuízo de R$ 50 mil

Grupo suspeito de aplicar golpe de falsa venda de terrenos na OLX é preso em Manaus

Publicado

em

Foto: Josemar Antunes/Portal do Holanda

Manaus/AM - Um grupo de 12 pessoas, entre elas 7 mulheres, foi preso nessa quarta-feira (20), durante a Operação Orbis, suspeitos de fazer parte de uma organização criminosa especializada em aplicar golpes da falsa venda de terrenos.

Segundo o delegado Rafael Allemand, os acusados agiam de forma coordenada identificando terrenos que estavam à venda em diferentes pontos de Manaus.Em seguida, faziam fotos da propriedade e anunciavam a venda na internet no site de compra e venda OLX.

Foto: Josemar Antunes/Portal do Holanda

Quando alguém se interessava e entrava em contato, as mulheres do grupo agendavam a visita e apresentavam o local para vítimas. Os demais integrantes providenciavam documentos falsos para fechar a negociação.

Com o pagamento feito à vista na conta dos suspeitos, eles sumiam e as vítimas só descobriam o golpe quando estavam limpando e eram surpreendidas pelo verdadeiro proprietário. A área preferida dos supostos golpistas era a Avenida das Torres, onde há muitos terrenos vazios.

Até o momento cinco vítimas já registraram boletins de ocorrência, uma delas teve o prejuízo de R$ 50 mil. Allemand afirma que os acusados enganaram muito mais pessoas e acredita que eles podem ser reconhecidos com a divulgação da imagens dos mesmo na imprensa.

A polícia aponta Fábio Júnior de Sousa Lima, 30, como o chefe da organização e diz que era ele quem escolhia os terrenos, comprava os chips usados por eles, negociava os valores que não eram muito abaixo do mercado para não levantar suspeitas, e fazia a divisão das partes entre eles.

A maioria dos suspeitos já tinham ficha criminal pelos mesmos delitos e tinha experiência no golpe. Eles recebiam em torno de R$ 300 ou R$ 400 por cada venda. Confira a lista completa com os nomes dos envolvidos:

Renato Alves, 43, a vítima que deu início as acusações, contou que o grupo era bastante organizado e que fazia todo o procedimento por meio de documentos reconhecidos em cartório para que não houvesse desconfiança por parte dos clientes.

 

Sem a ZFM, Amazonas pode se separar do Brasil

-

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

ABRE A BOCA E FECHA OS OLHOS: MESTRE SILVA, CHEF PORTUGUÊS

 Siga o Holanda

Amazonas

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.