Compartilhe este texto

Mulher de Caetano Veloso, Paula Lavigne, é acusada de tratamento abusivo por ex-governanta

Por Portal Do Holanda

26/05/2024 14h00 — em
Famosos & TV


Foto: Reprodução/Instagram

A ex-governanta de Caetano Veloso e sua esposa, Paula Lavigne, entrou na Justiça contra o casal e pediu R$ 2,6 milhões de indenização, após ser demitida depois de ter trabalhado por 22 anos para a família.  

 Segundo a revista Veja SP, Edna Fonseca entrou com duas ações trabalhistas na Justiça do Rio de Janeiro, alegando ter sido injustamente acusada de furto e submetida a tratamento abusivo durante seu tempo de serviço.

"Edna é, na verdade, vítima de Paula Lavigne. Durante os 22 anos em que trabalhou na residência do casal, Edna foi submetida a um padrão sistemático de abusos psicológicos e morais, fatos que ainda serão levados ao conhecimento do Judiciário Trabalhista em momento oportuno.", afirmou a defesa da mulher, em nota.

Conforme a nota da defesa, Edna foi vítima de uma investigação privada iniciada por Paula Lavigne após o sumiço de uma quantia em dólares na residência do casal.  Paula teria usado métodos considerados "pouco democráticos" para inquirir os funcionários, com Edna sendo acusada de forma indireta e constante. Além disso, a ex-funcionária teria sido forçada a entregar extratos bancários dos últimos sete anos e teve seu celular confiscado, com Paula acessando suas comunicações pessoais e fazendo backup de seus dados privados.

A assessoria de imprensa de Caetano Veloso e Paula Lavigne ainda não se manifestou sobre o caso.  

Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Famosos & TV

+ Famosos & TV