Maduro é acusado de narcoterrorismo e EUA oferecem US$ 15 milhões para sua captura

Por Portal do Holanda

26/03/2020 15h42 — em Mundo

Foto: EPA/Miguel Gutierrez/Agência Lusa

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, está sendo acusado de terrorismo e narcotráfico pelo governo dos Estados. As acusações apontam que o atual líder do chavismo vem patrocinando essas ações há uns 20 anos. De acordo com o jornal O Globo, as acusações foram realizadas pelo secretário de Justiça americano, William Barr, que ainda pediu uma recompensa de 15 milhões de dólares para quem ajudar na captura de Maduro. 

O secretário de Justiça ainda anunciou recompensa de 10 milhões de dólares para quem ajudar na captura de mais cinco membros do governo chavista, entre os citados está o deputado Diosdado Cabello, apontado como o segundo na liderança do governo. 

“Desde 1999, a Venezuela deu refúgio a narcotraficantes, autorizou a operação de barcos e aviões que levavam drogas aos EUA... Maduro é o líder do cartel”, afirmou Barr. 

A atitude do governo americano demonstra que as sanções impostas ao país caribenho não serão retiradas. Caso seja preso, Maduro deve pegar prisão perpétua. 

 


+ Mundo