Compartilhe este texto

Dinheiro traz felicidade? Estudo mostra que sim


Por Karine Simas

27/07/2022 15h52 — em
Espelho, espelho meu


Foto: Reprodução / Pixabay

Em algum momento da vida, sendo em filmes ou não, ouvimos a frase: “dinheiro não traz felicidade”, o que gera polêmica e muitas discussões entre casais, amigos e familiares, já que sem dinheiro não dá pra comprar aquela ‘blusinha’ na loja ou no aplicativo do momento, ou um belo banquete no seu fast food favorito.

Uma pesquisa recente pode ter dado um fim nessa discussão. Em seu estudo publicado na Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS),  Matthew Killingsworth, psicologo e membro da Universidade da Pensilvânia nos Estados Unidos, que estuda a felicidade humana, confirma que o dinheiro influencia na felicidade e no bem-estar, inclusive mais do que podemos imaginar.

No estudo foi coletado 1,7 milhão de dados de mais de 33 mil participantes com idade entre 18 e 65 anos, que relataram seus sentimentos no dia a dia. Um aplicativo usado na pesquisa perguntava aos participantes em horários aleatórios: "Como você se sente agora?" em uma escala que varia de "muito ruim" a "muito bom". Ao menos uma vez durante o processo, os participantes também responderam à pergunta: "De modo geral, quão satisfeito você está com sua vida?" em uma escala de "nada" a "extremamente". 

A felicidade de cada pessoa foi analisada em relação a sua renda financeira.  O experimento teve como base um patamar quando a renda familiar anual chegava a 75.000 dólares (quase 400 mil reais).

O estudo concluiu ainda que quem ganha mais é mais feliz, em parte, devido a sensação de controle sobre a vida. "Você provavelmente pode ver isso na pandemia. Pessoas que perdem o emprego precisam aceitar a primeira vaga disponível para se manter, mesmo para fazer algo que elas não gostem. Pessoas com uma reserva financeira podem esperar por uma vaga que se encaixe melhor ao seu perfil. Em grandes e pequenas decisões, ter mais dinheiro dá à pessoa mais opções e um maior senso de autonomia", disse Matt.

E essa é a hora, de você, que abre um sorriso de orelha a orelha quando o salário cai na conta, dizer que sempre teve razão. 

 


Os artigos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados nesta coluna não refletem necessariamente o pensamento do Portal do Holanda, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

ASSUNTOS: Espelho, espelho meu