Conheça a terrível história da Ilha das Bonecas, um santuário assustador

Por

30/06/2014 15h11 — em Famosos & TV

Uma jovem morreu afogada perto de uma ilha em canais ao sul da Cidade do México há 50 anos atrás. Desde então, um artista foi enchendo as casas em ruínas e o terreno envolta com bonecas e partes de bonecas. O resultado é a Isla de la Munecas (Ilha das Bonecas). A ideia arrepiante surgiu de Julian Santana Barrera depois que ele encontrou a cabeça de uma boneca flutuando na água perto de onde a menina havia se afogado.

A ilha ficou famosa e os visitantes passram a trazer bonecas para que o artistas continuassem sua obra. Por conscidência, Julian morreu afogado em 2001 no mesmo lugar em que a menina morreu há décadas atrás. Estranho não?