Siga o Portal do Holanda

Homicídio seguido de suicídio

Sem laudos periciais, Polícia indica que versão de delegado baleado pela namorada é verdadeira

Publicado

em

Foto: Reprodução Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Deputados da ‘lista vazada’ temem busca em gabinetes


Com as investigações ainda em andamento e sem laudos periciais importantes em mãos, a Polícia Civil de São Paulo sinalizou em entrevista coletiva, que é verdadeira a versão de que a modelo Priscila de Bairros tenha atirado seis vezes em delegado e em seguida cometido suicídio.

O caso ocorreu no apartamento de Paulo Bilynskyj, em São Paulo, após supostamente a modelo ter visto algumas mensagens no celular do delegado.

O delegado Alberto José Mesquita Alves, afirma que todos os resultados de análises e exames periciais colhidos na cena do crime e no corpo dos envolvidos ainda estão pendentes, com exceção de um: o exame residuográfico que acusou que Priscila tinha resíduos de pólvora nas mãos.

Paulo também realizou o exame no hospital após receber atendimento, mas até agora o laudo não saiu. O delegado destaca ainda que a limpeza feita no momento do socorro nas mãos de Bilynskyj, pode alterar o resultado.

Mesmo assim, os investigadores acreditam que desenrolar dos fatos descritos por Paulo “batem” com o que foi analisado até o momento e indicam que o delegado priorizou sua vida no dia do crime:

"Tudo leva a crer que o delegado estava mais preocupado em se salvar, sair dali rapidamente”, declara Mesquita.

Apesar da verossimilhança, a polícia ainda não descartou por completo a hipóteses de feminicídio ou homicídio e legítima defesa.

Os laudos de balísticas e outros detalhados devem ajudar a elucidar o caso:

"O necroscópico do corpo da Priscila, das lesões do Paulo, que precisa entender como ele foi atingido, DNA, sangue, perícia, balística, quebra de sigilo telefônico, para falar a verdade, nós dependemos ainda de todos os laudos”, explicou.

Paulo foi atingido com seis tiros e segue internado com quadro estável, já Priscila foi encontrada caída no corredor do apartamento com um tiro na lateral do tórax. Ela ainda estava viva, mas morreu a caminho do hospital.




Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.