Arthur faz advertência sobre abandono da Amazônia pelo governo Arthur faz advertência sobre abandono da Amazônia pelo governo

Arthur faz advertência sobre abandono da Amazônia pelo governo

Por Portal do Holanda

22/09/2020 22h10 — em De olho na Política

O prefeito Arthur Neto chamou a atenção do mundo para uma Amazônia que está sendo, mais do que nunca, desprezada pelo atual governo do país. A Amazônia do “saber tradicional” e de um progresso que una a biociência ao conhecimento dos povos da floresta.

Mas alertou: para que dê certo necessita de “gerência pública federal”. Uma coisa quase impossível num Brasil governado pelo deboche, o negacionismo e o imediatismo.

O DESMANTELAMENTO DA ZFM

Em plena campanha para a prefeitura da cidade que gera 93% da economia do Amazonas, os candidatos parecem ignorar o desmantelamento do PIM. A competitividade das grandes marcas ‘encolhe’ cada vez mais. Porém, só os empresários reagem a novas ameaças. 

@@@
Todos sabem que o discurso de Brasília sobre bioeconomia é uma promessa atemporal. Até lá, quem quer governar Manaus deve lutar agora ou irá sentir na pele o custo da indolência. 

JOSUÉ HOSPTALIZADO

Afinado com o colega Ricardo Nicolau em sua candidatura a prefeito de Manaus, o presidente da Aleam, Josué Neto usou ontem as redes sociais para informar que está em recuperação e que o tratamento do hospital da Samel é um dos que “tá dando certo”.
O tratamento referido por Josué foi desenvolvido durante o pico da pandemia do coronavírus em Manaus, quando a Samel administrou o hospital de campanha da prefeitura.

LURDINHA ASSUSTA

BOLSONARISTAS

O deputado bolsonarista João Luiz ficou ‘tiririca’ com o filme Lindinhas, da Netflix. E à falta do que fazer, pediu à Aleam que envie ofício à plataforma solicitando a retirada do filme. JL diz que sexualiza crianças e destrói famílias. Só não reclamou da ‘dança do boga’ dos bolsonaros.

DISCURSO VESGO DE BOLSOMATO

Na abertura da Assembleia Geral da ONU, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro encarou o desafio de desafiar a inteligência dos chefes de estado reunidos em videoconferência. Desfiou um rosário de fake news, simplesmente ignorando que as comunicações são globalizadas.
Seu principal aliado foi o próprio rito da abertura, que não permite réplicas. Ativistas das redes do ódio vibraram com a fala do chefe. Afinal, eles acreditam mesmo que a Terra é plana.