Siga o Portal do Holanda

Famosos & TV

'Quem quis sujar o nome da Marina foi a Débora Nascimento', dispara Leo Dias

Publicado

em

Foto: Reprodução

Débora Nascimento e Leo Dias trocaram farpas via redes sociais na noite desta sexta-feira (21), e acabaram trazendo de volta o assunto da polêmica traição de José Loreto à então esposa.

Tudo começou quando Leo Dias publicou uma nota afirmando que ela não perdoou a traição de José Loreto porque não queria ser a "Giovanna Ewbank 2019", alegando que Débora criticou Giovanna pelo fato da loira ter perdoado o marido em uma traição pública, em 2012.

Débora foi às redes sociais reclamar: "Parem de inventar mentiras. É machista, irresponsável e nociva essa tentativa de transformar mulheres em rivais", escreveu ela, sem citar nomes mas deixando claro que se tratava da publicação de Leo Dias.

Leo entendeu o recado e não ficou calado. Ele rebateu no programa "Fofocalizando" (SBT), e também via Instagram. O que chamou atenção é que ele deixou uma indireta inédita, dando a entender que Débora estaria por trás do fato de Marina Ruy Barbosa ter sido apontada como pivô da separação dos dois, em um grupo de WhatsApp.

"É machista, é leviano, é irresponsável apontar (em um grupo de Whats) uma atriz que contracenava com seu marido como a pivô de sua separação. O culpado foi ele. E não ela. Quer que eu te lembre como o nome da Marina chegou a mim?", ameaçou Leo.

No Fofocalizando, Leo Dias deixou ainda mais claro: "Quem quis tacar o nome da Marina na roda, quem quis sujar o nome da Marina Ruy Barbosa foi a Déobra Nascimento. Agora vem falar que mulher não pode atacar mulher? Faça me o favor".

O 'banho de Sol' do delegado que matou advogado em Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.